|Teorias da treta| Vamos lá inverter papéis

abril 22, 2017


Desde nova que ouço pessoas que dizem "Eu vou a primeira vez e se gosto volto se não gosto não volto lá mais" - Maravilha, palmas para essas pessoas. Essas pessoas quando fazem uma coisa fazem-no sempre bem. Para ter o poder de afirmar tal. Sem ofender ninguém, algumas são pessoas que não estão bem com elas próprias e pedem perfeição aos outros.

Deixem-me que vos diga, até o melhor profissional erra. Somos seres humanos e até já cansa de ouvir a célebre frase "Ninguém é perfeito". Independentemente da área. Um mecânico, um dentista, um construtor, um comerciante, um cabeleireiro, um cientista, um eletricista, um engenheiro, um carpinteiro, um médico, o que for. Por mais bons que sejam podem errar. Sempre fizerem tudo certo, no entanto, má sorte, àquela hora foi lá Pessoa X e não gostou do trabalho nunca mais lá volta. Certo. Está no seu direito.

Então se tu és a Pessoa X que por hábito diz " Eu vou a primeira vez e se gosto volto se não gosto não volto lá mais". Invertamos os papéis.
Tu, Pessoa X (que por hábito dizes a tal frase) és muito bom naquilo que fazes, és mesmo bom, és topo e ninguém dúvida disso. Vais a uma entrevista de trabalho na tua área. A entrevista correu mal, sem motivo aparente correu mal. Má sorte, o patrão pensa como tu. Não te quer lá mais, correu mal à primeira já não te quer lá à segunda.

Mas tu, Pessoa X, até terias sido bom para aquela empresa se te tivessem dado uma segunda oportunidade. Teria sido bom para ti e bom para a empresa...


Agora se me falarem que as personalidades do profissional e do cliente não são compatíveis aí o assunto é outro. Mas que não se confunda com falta de profissionalismo.




You Might Also Like

1 comentários

  1. Eu, por norma, quando vou a um sítio pela primeira vez e não sou muito bem atendida, costumo voltar lá uma segunda vez para tirar a prova dos nove porque, lá está, todos nós erramos e todos nós temos os nossos dias menos bons. Também sou aquela pessoa que, por exemplo, num café, mesmo que o café não seja lá grande coisa mas se gostar do atendimento, volto lá só pela simpatia da pessoa. As situações são como uma moeda, há sempre os dois lados.

    Beijinhos,
    Catarina :)
    http://quandooeusetornaemnos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Não te esqueças, comenta aqui a tua opinião ou dúvidas.
A tua opinião é importante.